EU TAMBÉM ESTOU DE LUTO!

|

Eu estou de luto!
Sim!
Eu estou de luto!
Mas, não de luto por causa do assassinato de uma criança de classe média!
Não por causa da morte de uma única criança!

Mas estou de luto por causa de todas as crianças que passam fome em nosso país!
Pelas crianças que já nascem mortas ou prematuras, pois suas mães não tinham o que comer!
Pelas crianças que não possuem o direito de brincar, de serem inocentes, de serem crianças, pois, têm que trabalhar desde cedo!
Pelas crianças que vemos todos os dias nos semáforos e que têm que trazer dinheiro para casa todos os dias!
Pelas crianças que desde seu primeiro dia têm que aguentar uma sociedade discriminatória e preconceituosa com ela, mas, ela nem sabe o porquê!
Pelas crianças recém nascidas abandonadas, que não possuem família, jogadas em abrigos e orfanatos!
Pelas crianças que não têm a quem recorrer para escapar de seus pais violentos, sem caráter, inresponsáveis!
Pelas crianças que já nascem sem um futuro!
Pelas crianças que se prostituem!
Pelas crianças que têm seu direito de estudar, de terem um atendimento digno nas filas dos postos de saúdes públicos, de ter uma saúde digna e uma merenda decente roubado em troca do bem estar social de políticos e empresários corruptos e o pior, aclamados por todos como sendo a "nata" da sociedade quando deveriam ser a parte mais podre!
Pelas crianças que se formam no colégio sem saber ler, escrever e / ou fazer uma simples conta matemática!
Que desde cedo vêm nas drogas (maconha, cocaína, crack, cigarro, cerveja... )uma forma ilusiva de fugir da sua própria realidade!
Pelas crianças que encontram as bibliotecas da cidade fechadas!
Pelas crianças que possuem seus parques para brincar repletos de bandidos!
Pelas crianças que estudam em escolas de latão!
Pelas crianças que são bombardeadas por sexo a toda hora pelos saudosos meios de comunicação!
Pelas crianças que já passaram por tudo isto, ou a maioria e estão deixando de ser crianças para virar adultos frustrados!Pelas crianças que serão o futuro do nosso país!
Por todas as crianças que passam por várias outras coisas que não citei!

Mas, acho que as pessoas vão continuar fazendo procissões para a casa dos "acusados", "sentenciados", "condenados" e se depender da maior parte da sociedade "mortos" sem um único julgamento. Mas, irão desprezar e desrespeitar todas as crianças que encontrarem no meio do caminho, pois estas, não estão no foco da opinião publica (lê-se imprensa)!

Parabéns ao estatuto da criança e do adolescente que existe há quase 20 anos e nunca foi efetivamente colocada em prática na nossa sociedade!





Para começar bem a semana !!!

|

Olha o Optimus Prime dando um show


Enquetes do Site

|

Caros leitores, as enquetes do site foram zeradas devido à mudança do sistema de enquetes. Por isto, peço que votem novamente.

Foi criado também o marcado "internas" para os posts sobre assuntos referentes ao blog como é o caso deste, já que não possuíamos nada parecido.

Conhecimentos Gerais e Atualidades do Poder Publico

|

À cerca de dez anos atrás para cá, no Brasil, tornou-se comum o questionamento sobre conhecimentos gerais e atualidades durante processos seletivos para empresas privadas sob a teoria de que as pessoas que sabem sobre coisas da atualidade e possuem conhecimentos gerais são pessoas que sempre buscam sempre a melhoria e o aperfeiçoamento profissional.

Esta teoria pegou no nosso país e pegou tanto que o poder publico resolveu implantar esta mesma característica em suas provas de concursos. Foi o que ocorreu no concurso para a prefeitura de Taubaté, interior do estado de São Paulo. No edital havia a seguinte citação: “20 questões, tomando-se por base as notícias que foram manchete nos principais jornais do país nos anos de 2007 e 2008”, no qual era exatamente o trecho que se referenciava às atualidades e conhecimentos gerais.

Mas quem solicitou a colocação destas questões (provavelmente, para deixa-la mais "moderna") na prova esqueceu de fazer uma citação explícita para os responsáveis por gerarem / selecionarem sobre questões que deveriam ser utilizadas. Tanto que questões sobre qual o casal global se separou recentemente e em qual edição do Big Brother Brasil participaram Alexandre, Bianca e Fernando constavam na prova do concurso. Porém, uma das questões que foi selecionada que perguntava quem era o atual presidente da Câmara municipal, porém, não constava o nome do atual presidente. O que significa um total desrespeito tanto com a Câmara, quanto com os habitantes da cidade, quanto com o presidente (não o conheço, mas, não deixa de ser um desrespeito) que é uma autoridade.

Outras questões que foram citadas foram: "Quem é o atual prefeito de São Paulo?" no qual, poderia ser perguntado sobre a prefeitura de Taubaté, mas ainda pode-se considerar por muitos como sendo uma questão válida. Outra pergunta é "Quais são os três pilotos brasileiros que disputam a temporada 2008 da Fórmula 1?" poderiam ser substituídas por outros assuntos, mas, é menos absurdo do que as anteriores.

A questão que perguntava o presidente da Câmara de vereadores da cidade foi cancelada e sua pontuação dada aos que prestaram concurso e foi feito um pedido de desculpas ao presidente da casa por parte do departamento de administração da casa sob o pretexto de que a prova havia sido elaborada no ano passado.

Para mim, as questões sobre casais globais e big brother mostram que somos ainda uma sociedade alienada e que as redes de televisão ainda dominam a opinião publica e conseguem adentrar na vida das pessoas de uma forma tal que as pessoas não conseguem mais pensar em atualidade e conhecimentos gerais sem lembrar da vida pessoal de "pessoas conhecidas".

Se os concursos começarem a seguir esta linha, nunca vou conseguir ser funcionário publico. Pois, garanto que não saberia responder nenhuma questão deste tipo ou pelo menos a maioria.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u393419.shtml
http://g1.globo.com/Noticias/Concursos_Empregos/0,,MUL416392-9654,00-CONCURSO+TRAZ+PERGUNTA+SEM+ALTERNATIVA+CORRETA+E+QUESTOES+SOBRE+O+BBB.html

É proibido fazer perguntas no congresso

|

O CQC (sigla de Custe o Que Custar) é um programa da Band no mesmo formato do Pânico na TV, porém com um humor mais "cabeça", digamos assim. Entre outras coisas, eles abordam políticos para questionar coisas que nós, cidadãos comuns, gostaríamos de saber. O problema é que, no congresso, perguntar coisas como “Por que o plenário está vazio em plena terça-feira à tarde?” incomoda. Por isso, o pessoal do CQC foi EXPULSO de lá, como pode ser visto no vídeo abaixo, que foi ao ar ontem:



É como disse o pessoal no programa, não é a ditadura, mas a censura voltou.

O programa vai ao ar todas as segunda às 22h15, com reprise nas quartas depois do futebol (por volta de 23h45), vale muito a pena ver.

Caso Isabela

|

Diferente de todos os outros meios, me recuso à falar sobre o caso da menina que até então, fala-se que foi "jogada" da janela de seu apartamento.

Não há provas concretas de quem fez o quê. Logo, qualquer coisa que eu escreva sobre o caso, só irá levantar mais revolta sobre alguém que ainda não foi julgado, condenado ou que pode ser um suspeito do crime.

Esta minha postura, que deveria ser seguida por muitos, evitaria que pessoas inocentes possam ser presas, perseguidas, linchadas ou até mesmo abandonadas, como ocorreu com o pedreiro que prestava serviço para a tia da menina, que foi abandonado pelos vizinhos, mulher e filhos (quem vai ressarci-lo disto?).

Quem será o responsável se no caso houver uma revira-volta? Eu não serei, pois, não terei contribuído de forma alguma em alimentar a raiva da sociedade sobre um suspeito.

Afinal, não podemos exigir da polícia "um(ns) culpado(s)" e sim "o(s) culpado(s)".

Ignorância Cultural

|

A rotulação, ignorância e o preconceito são algumas das coisas que eu mais gosto de combater. São itens tão incrustados em nossa sociedade que chega a ser difícil sua diluição total na cultura popular. Mas, pode-se tentar orientar as pessoas para que mudem seu modo de ver o mundo e as pessoas ao seu redor.

Não precisava nem citar que estes temas são um mal na sociedade. Comenta-se muito sobre esses temas no sentido de trazer o fim delas para o nosso cotidiano (principalmente, quando passa nas novelas - parece até brincadeira), mas, ela existe. E pior, muitas pessoas não sabem e / ou não reconhecem que são preconceituosas. Muitos comentam que não deve-se ter preconceito sobre as pessoas, mas, ao mesmo tempo falam besteiras a todo instante. Normalmente, as pessoas só sentem que estas coisas realmente existem quando viram alvo e nunca quando são os provedores.

Pois é, fiz esta introdução para falar sobre o pensamento de algumas pessoas (importante frisar que não são todas) em relação à regiões como Norte e Nordeste de nosso país.

No qual, comentários como "O Acre não existe" acabaram virando piadas em relação ao baixo número de pessoas que lá residem. Para aqueles que insistem em declarar esta frase, sugiro ler um pouco mais sobre este estado brasileiro que foi conquistado pelo Brasil da Bolívia e segundo algumas fontes, responsável pelo fim da estagnação da industrialização no Centro-Sul, acreditem. Ou você acha que o país faria questão em adicionar aquela região ao seu território sem haver nenhum interesse (ou importância)?

Ou então, em relação ao estado do Amazonas, que se fala muito que lá é só floresta e que não há nada que possa alavancar / ajudar nossa economia e / ou alterar a vida de quem mora na região centro-sul-sudeste de nosso país. Por conta deste pensamento, que deu-se abertura para que alguns povos estrangeiros (muito mais informados do nosso país do que os próprios brasileiros) interessados naquelas terras (em outras palavras, na riqueza daquela terra), conseguirem os direitos de entrar naquela região e patentear alguns frutos, medicamentos e produtos naturais além de adquirir conhecimentos de sobrevivência e cura natural, madeira de ótima qualidade entre outros infinitos motivos, no qual faz com que o país perca muito dinheiro (muito mesmo!) todos os anos e que faz também, com que haja abertura para que alguns livros estrangeiros citem a região amazônica como sendo uma região abandonada, outros como sendo uma região mundial ou até mesmo, o absurdo de ser considerado território norte-americano.

E porque não falar da "unificação dos estados do Nordeste"? No qual, quem nasce naquela região, não é pernambucano, cearense, baiano, paraibano, sergipano, alagoano, piauiense, maranhense ou potiguar, para algumas pessoas, esses povos são apenas, nordestinos. E apesar de ser composto por nove estados, muitos acham que todos possuem a mesma cultura, as mesmas tradições, as mesmas comidas, mesmas praias, mesmos problemas, os mesmos costumes e que a região só possui pobreza, miséria, fome, pessoas mal educadas e instruídas (que são problemas nacionais, de norte a sul), além de não existir grandes centros, já que, na visão destas pessoas, o que existe é só seca e / ou praia. Não posso negar que na região não existam alguns elementos citados por mim acima, mas também existe riqueza, desenvolvimento, cidades grandes, desenvolvidas, pessoas educadas (muito educadas), inteligentes (mais do que o ego alheio imagina), mão de obra especializada (não estaria em outro estado se isto não acontecesse) entre outros. Tudo isto, é mínimo, quando comparado com a rotulação de um povo como sendo "baiano" e "baianinho" (estes dois têm tanta história, que merecem um post exclusivo) como ocorre em São Paulo e "paraíba" como ocorre no Rio de Janeiro.

São estes pensamentos que faz com que o poder federal e a opinião publica (imprensa) não olhem para outras regiões (devido à concentração de informação do eixo Rio-São Paulo). É impressionante o quão as pessoas conhecem sobre países fora de nosso continente e não sabem nada do próprio país.

Particularmente, luto para que as pessoas deixem de ter estes pensamentos "rotulativos" e passem a enxergar um pouco da verdade, até para que possam ter um pouco mais de informação (já que o colégio e a família não conseguiram às prover), fazer com que desçam das nuvens e vejam a verdade e que possam diminuir seus egos bastante inflados.

É um pouco difícil falar disto sem ser um pouco "grosso" e com rodeios, pois, a verdade é esta e se não for passado desta forma, as pessoas não mudam.

14 mil Anos de Merda

|

Esta notícia eu não podia deixar em branco: Cientistas americanos descobriram as fezes mais antigas da américa. As fezes datam de aproximadamente 14 mil anos atrás.

Tudo bem, tem lá seu valor científico no sentido de descobrir a historia de nossos antepassados. Porém, como foram encontrados outros artefatos que poderiam ser utilizados como parte do título da matéria e a manchete dada pelo portal G1 "Cientistas encontram fezes de 14 mil anos nos EUA", me fizeram rapidamente pensar a seguinte frase: "grande merda!".

Só falta ser divulgado se foram encontrados cascas de feijão e milho (esses são resistentes ao nosso intestino).

http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL387806-5603,00-CIENTISTAS+ENCONTRAM+FEZES+DE+MIL+ANOS+NOS+EUA.html

É RECORDE ABSOLUTO!

|

São Paulo alcançou nesta noite (03/04/2008) um novo recorde histórico de congestionamento. São 229 Km de engarrafamento na cidade.

Só este ano, a cidade registrou o maior pico tanto na parte da manhã (11/03/2008 - Data do aniversário do escritor do blog Rafael, é um pé frio mesmo hehehe) com 188Km oficiais e 194 km não oficiais como na parte da tarde (hoje).

É importante ressaltar um dado para a população. Quando um recorde é anunciado pela CET, significa que aquele valor foi alcançado em alguma virada de uma meia hora fechada, ou seja, os valores só são contabilizados oficialmente quando de meia em meia hora. Caso haja um novo recorde às 13:15, este recorde não é considerado, a não ser que ele ocorra à 13:00, 13:30, 14:00, 14:30... e por ai vai.

Significa dizer minhas senhoras e meus senhores, que não necessariamente, os números oficiais, são realmente os recordes na prática (isto tem uma explicação estatística para geração dos dados, mas, em caso de recordes, poderiam ser levados em conta como um dado extra).

O engarrafamento está ficando tão sério, que é prevista a saída de empresas e de investimentos da cidade por conta da quantia de dinheiro jogada fora.

Faz poucos dias (24/03/2008), que foi divulgado um estudo feito pela ANTP que prevê a perda de R$ 528 milhões por ano devido ao trânsito da cidade. Em 1998 este número era praticamente a metade deste valor.

Há várias sugestões de como melhorar o trânsito e várias teorias sobre o que está ocasionando estes recordes, inclusive a de perseguição política por parte do prefeito. Mas isto, é assunto para outro post.

http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI2726498-EI998,00.html
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI2704399-EI998,00-SP+perde+R+mi+por+ano+com+caos+no+transito.html
http://www.gazetamercantil.com.br/integraNoticia.aspx?Param=2%2C0%2C1705659%2CUIOU
http://forum.hardmob.com.br/archive/index.php/t-340696.html

 

©2007 - 2010 Enxugando o Gelo | Template Blue by TNB